Posted by : Ludvika sábado, 13 de abril de 2013

Alterno nojo pela comida com uma necessidade intensa de comer a casa inteira. Joguei fora todas as besteiras, se eu quiser ter compulsão vai ser por frutas  (como se no caso da crise vir pesada mesmo eu não fosse pegar todo o meu dinheiro, passar a tarde comprando comida para devorar e vomitar tudo depois haha). Esteticamente, alterno o desejo de ter um corpo magro com a vontade de apenas moldar um pouco o corpo que tenho agora, tentar me livrar das cicatrizes, estrias e outras feridas. E tem os momentos em que eu não penso na estética, em nada, só em me livrar de tudo isso, só na infelicidade, a perspectiva do futuro me desespera, se algumas coisas aqui desandarem eu não sei se vou conseguir continuar vivendo. Algumas pessoas vêm e me deixam contente por algum tempo, mas logo após eu volto para a obsessão, é como se eu só soubesse ser infeliz. E eu não quero envolver mais ninguém nisso.

{ 10 comentários... read them below or Comment }

  1. crises, compulsao sei bem como e. tenta se distrair com alguma outra coisa um livro sei la. Nao sabia que vc escolheu medicina, ja ta na facul?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não consegui ainda, tento há dois anos.

      Excluir
  2. Passo a mesma situação que você, ora não como nada ora como o mundo, ora quero eliminar tudo, ora quero perder apenas mais alguns quilos. as vezes as pessoas parecem me convencer que estou bem assim, mas nas maiorias das vezes o espelho fala mais alto. não desista, tenha força, vamos conseguir. uma hora a gnt vence, não é possiveeel! haha.

    beeijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não desistirei, é bom ver que você me entende! Só estava meio preocupada com a minha sanidade haha

      Excluir
  3. " (...)então, com aquela sensação de que vai vomitar a qualquer momento, que é uma sensação horrível, eu pensei em todas as meninas gordas que conheço, na minha faculdade, por exemplo, tem um monte, e pensei nelas, e em como elas são felizes por aceitarem seu corpo daquele jeito. Eu sei que as pessoas dizem que não existe gordo feliz, mas eu acredito que haja, por que esse negócio de magreza é só da mídia, na sociedade mesmo o pessoal gosta de uma bela de uma gorda com uns peitos e bundas enormes, e como disse, pensei nelas e em como elas aceitam essa situação... E eu então desejei ser como elas, desejei ser feliz com meu corpo, não ser magra ou gorda, mas ser apenas eu mesma... Queria nunca ter 'desenvolvido' essa doença."

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas você pode ser feliz com seu corpo quando você estiver feliz com sua mente. "Ninguém nos decepciona, nós que criamos as expectativas erradas". Eu mesma sou doida, quero parecer pequena e frágil sendo que sou uma monga gorda de 1,70m. Acho garotas altas perfeitas, mas EU não quero ser "modelo". Eu queria me sentir pequena, só que isso é irreal sacas? E eu não vou viver bem enquanto eu não aceitar isso. Irônico, porque conheço o fato, mas no fundo eu não consigo mudar.

      Excluir
    2. eu também queria me sentir pequena, achei que só eu tivesse essa paranóia '-'

      Excluir
    3. Sinta-se menos paranoica então :D

      Excluir
  4. Ia digitar um texto imenso, mas só queria que soubesse que me identifico com você. Altura, peso, idade, maneira como descreve sensações e compulsões, conhecimento básico do que é saudável e da importância de exercícios, etc, etc. Sei que eu como anônima não te sirvo de apoio nem nada, mas queria que soubesse que você me serve.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só ter conhecimento dessa identificação me deixa mais feliz. Quem sabe um dia você não me permite tomar conhecimento sobre sua pessoa? Até lá, serás sempre bem-vinda :)

      Excluir

Blogroll

~~LUDVIKA~~

.

Queridos

Sobre as postagens

Preciso me dedicar mais aos estudos e leitura acadêmicas, por isso postarei pouco por um tempo. Estarei sempre por aqui vendo o que acontece com vocês. Agradeço o carinho.

Tecnologia do Blogger.

Translate

Quem sou eu

Minha foto
18 anos, muitas palavras - uma farsa. "Eu só quero ser bela, uma daquelas meninas-flor: quebrável" Ludvika é uma personagem; qualquer semelhança é mera transferência de personalidade.

Copyright © 2012 Ludvika -Black Rock Shooter- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan